Sobre a Monja

Monja Isshin Havens, Sensei – Soto Zen Budismo

foto: Gil Gosch

Missionária Internacional oficial da Escola Soto Zen do Japão (国際布教師, kokusai fukyôshi) e licenciada oficialmente como ittô-kyôshi (一等教師, Professora de Darma na graduação de Professor Associado, 1ª Classe), a Monja Isshin Sensei lidera a Comunidade Zendo Sul – Jisui Zendô – Sanga Águas da Compaixão de Porto Alegre e grupos afiliados. Com diplomas e certificados em psicanálise clínica, terapias alternativas e mediação de conflitos, é Psicanalista-Humanista-em-formação pelo Instituto de Psicanálise Humanista. Recebeu os títulos de Doutor Honoris Causa em Ciências da Religião: Budismo Japonês, outorgado pela Faculdade Einstein de Salvador, Bahia e Doctor Honoris Causa in Budismo Zen da Erich Fromm World University de Florida, USA. É palestrante da Universidade Falada e colaboradora/palestrante da Unipaz-Sul, autora (A Vida Compassiva 1: A Compaixão e Vida Compassiva e 2: A Compaixão em Ação, editora Pragmatha) e blogueira, é membro do Grupo de Diálogo Interreligioso de Porto Alegre (DIRPOA), da Comitê Estadual de Diversidade Religiosa do Rio Grande do Sul, da American Zen Teachers Association – AZTA (Associação Americana de Professores de Zen) e da Soto Zen Buddhist Association. É parceira, através da inscrição da Sanga Águas da Compaixão, do grupo internacional interreligioso Charter for Compassion desde 2010.

Informações Biográficas:

É herdeira da Linhagem ao receber a Transmissão de Darma do Mestre Zen e Professor-mestre de Baika, Shûki Hidetaka Onoda Roshi (Abade do Ryûzô-ji -Templo da Morada do Dragão) na cidade de Tsuruoka, Yamagata-ken, Japão), a Monja Isshin, Sensei (nome civil: Kathy Havens) iniciou a sua prática formal do Zen Budismo com a Monja Coen, em São Paulo, Brasil, em julho, 1996. Recebeu a ordenação monástica em julho, 1999, quando tornou-se “Unsui” (monge-em-treinamento) na graduação de “Jôza”.

Entrou no Mosteiro Feminino de Nagóia, Japão (Aichi Senmon Nisôdô – ver mapa Google) em novembro, 2000, após passar um mês no Templo Kirigaya-ji (Junyû Kuroda Roshi, abade) em Tóquio e participar de um sesshin no mosteiro Hosshin-ji em Obama.

A partir de setembro, 2002, passou a ocupar sempre a posição de “líder de grupo de treinamento” (ryôchô), responsável por ensinar os mais novos, dentro do mosteiro, passando por todos os grupos de treinamento monástico (Ino, Tenzo, Anja, Chiden) até sua saída do Japão. As suas especialidades são: chiden (cerimonial religioso), Ino (instrumentos e dedicatórias), baika (música budista) e costura de vestimentas budistas.

Em 2003, foi nomeada “líder dos noviços” (shuso) e passou pela cerimônia de Combate de Darma (hôsenshiki), com a Aoyama Roshi, abadessa do mosteiro, como sua “Professora de Treinamento” (“hôdôshi“).  Ao completar esta fase (ainda em 2003), passou para a graduação de “Zagen”.

Em março, 2004, recebeu o segundo prêmio de Palestra de Darma.

Em agosto, 2004, iniciou seu treinamento avançado no Zen Center de Los Angeles, Estados Unidos, onde praticou durante 10 meses e foi responsável pela revisão do Manual do Curso dos Preceitos bem como na nova edição do livro “Hazy Moon of Enlightenment” de Maezumi Roshi. Lá também recebeu certificação como Mediador de Conflitos do Center for Dispute Resolution e treinamento no Centinela Youth Services onde atuou em algumas mediações.

Passou duas semanas de treinamento no Zen Mountain Monastery, em Mt. Tremper, Nova Iorque.

Retornou ao Brasil em agosto 2005, assumindo um papel de assistente da Monja Coen junto à Comunidade Zen Budista Zendo Brasil em São Paulo. Representou a Monja Coen em vários eventos e palestras e liderou retiros de costura de vestimentas budistas.

Em outubro, 2006, recebeu a função de ensino dos instrumentos (Doan) no Retiro Nacional das Sangas Brasileiras, realizado no Mosteiro Zen Morro da Vargem em Ibiraçu, ES, organizado pelo Escritório Central do Soto Zen no Brasil.

foto: Gil Gosch

Em dezembro de 2006, recebeu autorização de liderar grupos de prática e, convidada pela Associação Zen Budista de Porto Alegre, mudou-se para Porto Alegre.

Em abril, 2007, foi convidade a se tornar Membro-Colaborador do Colegiado Buddhista Brasileiro, entidade sem fins lucrativos com o objetivo maior de contribuir para a difusão, sustentação e correta orientação dos ensinamentos de Buda.

Em maio, 2007, iniciou suas atividades como orientadora espiritual da Sanga Soto Zen Budista Águas da Compaixão onde desenvolve várias práticas Zen Budistas (veja agenda) até hoje.

Em 2008, tornou-se aluna do Dôshô Saikawa Roshi, Superintendente da Escola Soto Shû para a América do Sul até 2010, quando passou a ser aluna do Professor-mestre de Baika, Shûki Hidetaka Onoda Roshi, de quem recebeu a Transmissão de Darma (shihô, ou finalização formal do treinamento e reconhecimento como monja plenamente formada -“rikishô”).

Zuise – Sojiji

Ao passar pelas cerimônias de Zuise nos dois templos-sede no Japão (Eiheiji e Sôjiji), passaou à graduação de Oshô (和尚) e, por já ter completado a sua prática em mosteiro oficial de treinamento, recebeu a sua licença de Professora do Darma (Sensei) na graduação de Professor Associado, 1ª Classe (Ittô-kyôshi), autorizada a tornar-se abade (Monge Titular, jûshoku) de um templo oficialmente reconhecido, transmitir os preceitos para leigos (Zaike Tokudo ou Jukai) e ordenar novos monges (Shukke Tokudo), entre as outras funções de sacerdote, como  oficiar  casamentos, batizados, benções em geral, enterros, serviços memoriais (hôji) e outras cerimônias religiosas. Foi nomeada Missionária Internacional para a América do Sul (kokusai fukyôshi), representando oficialmente o Soto Zen japonês, em 2013.

Em 2010, foi publicado, pela Editora Pragmatha, o primeiro volume de uma série de 6 volumes previstos, com o título “A vida compassiva – Compaixão”. O segundo volume, “A Vida Compassiva 2 – A Compaixão em Ação” foi publicado em 2012.

É parceira, através da inscrição da Sanga Águas da Compaixão, do grupo internacional inter-religioso Charter for Compassion desde 2010.

Em 2012, recebeu o título de Doutora Honoris Causa em Ciências da Religião: Budismo Japonês, outorgado pela Faculdade Einstein de Salvador, Bahia. Em 2014, recebeu o título de Doctor Honoris Causa in Budismo Zen da Erich Fromm World University de Florida, USA.

Antes de se tornar monja, foi musicista (Orquestra Filarmônica de São Paulo, Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, free-lancer de gravações e shows, etc), professora de trompa (Conservatório de Música de Tatuí, Fundação das Artes de São Caetano), professora de inglês e tradutora/interprete (empresa própria – Centro de Ensino Cultural).

Estudou vários caminhos espirituais, formou-se como Facilitadora de Xamanismo Urbano no Instituto Paz Géia, e aprendeu várias artes da cura, como a Cura Prânica, a Cinesiologia Especializada além de se formar como Massoterapeuta pela Universidade Holística (agora conhecido como Humaniversidade). Com diploma em psicanálise clínica, atualmente é psicanalista humanista-em-formação pelo Instituto de Psicanálise Humanista (Erich Fromm).

Em 1996, antes de se tornar budista formalmente, participou como intérprete de uma peregrinação de 21 dias, visitando locais relacionados com a vida de Shakyamuni Buda na Índia e templos e mosteiros no Nepal e no Tibete. Esta viagem provou-se um passo muito importante na sua jornada e na sua compreensão do budismo.

Atualmente, além de suas atividades com a Sanga Águas da Compaixão,  é orientadora da Sanga Soto Zen de Pelotas (desde março 2010), Sanga Santa Maria (desde 2014), palestrante da Universidade Falada (desde 2006) e colaboradora/palestrante da Unipaz-Sul (desde 2009). É membro do grupo de Diálogo Inter-religioso de Porto Alegre (GDIRPOA, desde 2012), do Comitê Estadual de Diversidade Religiosa (Secretaria do Estado de Justiça e de Direitos Humanos de Rio Grande do Sul, desde 2013), da American Zen Teachers Association – AZTA (Associação dos Professores de Zen Americanos) e da Soto Zen Buddhist Association – SZBA (Associação Budista Soto Zen). Também faz atendimentos como Psicanalista-Humanista-em-Formação.

Foi orientadora da Sanga Aikikai, da Associação RS Aikikai de 2008 até o fechamento da academia em 2011 e da Sanga Energia Harmoniosa do Centro de Cultura Oriental Tigre Coreano de 2009 até o fechamento da academia em 2011 em Porto Alegre.

Ler mais na página A Monja na Internet onde encontrará links para vídeos, gravações em mp3 para download e outras entrevistas.

SBZAMember– Ver as atividades orientadas pela Monja Isshin

. Ver fotos da Cerimônia de Combate de Darma (hôssenshiki), realizada em maio, 2003 em Nagoya que podem ser vistas nesta página.

Ler sobre o treinamento de um monge/uma monja na escola Soto Zen:
A Ordem Monástica da Escola Soto Shu (texto reproduzido do antigo site do Zendo Brasil e revisado, sobre a prática Leiga e a Ordem Monástica de nossa escola)
Formação de um monge Soto Zen
Qual o significado de Kokusai Fukyôshi (Missionário Internacional)?
Qual o significado de Zuise (Debut)?
Qual o significado de Denpô (Transmissão de Darma)?
Qual o significado de Hôkei (Linhagem no Darma)?
Qual o Significado de Hossenshiki (Combate de Darma)?
Qual o Significado de Shuso (Líder dos Noviços)?
Qual o Significado de Unsui (2)?
Qual o Significado de Unsui (1)?
Qual o Significado de Shukke Tokudo?
Ordenação Monástica
– Ordenação Unsui em Florianópolis
Qual o Significado de Jukai?
– Os Preceitos do Bodisatva

– atualizado: janeiro, 2016

Abaixo: fotos da vida diária duranto o treinamento no Mosteiro Feminino de Nagóia, Japão (Aichi Senmon Nisôdô):

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para se comunicar comigo, escreva sua mensagem neste formulário. Muito obrigada:

28 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Monja Isshin, estou gostando de seu blog. Nele acompanho sua vida, aprendo seus ensinamentos. Pena que a senhora se encontra a 2 mil Km de mim, mas sinto sua presença marcante como se morasse em Belo Horizonte. Gasshô, Manu.

  2. Monja Isshin,
    fico muito feliz de ter descoberto, por acaso, seu blog. Você não se lembrará de mim, mas sou praticante do Zendo Brasil, e tive minha primeira instrução de zazen em um domingo para principiantes com a senhora, um ano atrás. Hoje estou fazendo o curso de preceitos com a monja Coen e comecei a costurar meu rakusu recentemente. Lembro até hoje de suas palavras inspiradoras (e divertidas!) e agradeço muito por elas. Espero poder lê-las continuamente aqui também!

    Gassho,
    César Al’ban.

  3. Cara Isshin Havens.
    Saudações.
    Encontrei o seu blog por acaso. Não sei se você se lembra de mim, participando dos sesshins do Templo Busshinji, sob coordenação de Coen Sensei, em 2000, quando de minha recepção de preceitos.
    Espero manter sempre contato com você através do seu blog.
    Atenciosamente,
    Paulo de Tarso E-Myô Amorim

  4. […] por monjaisshin em Outubro 28, 2008 O Zendô Virtual, orientado pela Monja Isshin Havens, é um grupo para membros-contribuintes, com a função de facilitar a prática e estudo do Zen […]

  5. […] 10America/Recife abril 10America/Recife 2011 por freiconvento Deixe um comentário Por Monja Isshin Havens – Soto Zen […]

  6. […] Isshin-sensei, missionária internacional da Sōtōshū e orientadora da sangha Águas da Compaixão, escreveu este artigo com exclusividade para o site Sobre Budismo. […]

  7. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  8. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da […]

  9. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da […]

  10. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da […]

  11. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  12. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sanghaÁguas da Compaixão. […]

  13. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sanghaÁguas da Compaixão. […]

  14. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  15. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da […]

  16. […] da mestra Zen Joko Beck. Tradução de Isshin-sensei e Muriel […]

  17. […] Monja Isshin Havens – Soto Zen […]

  18. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  19. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  20. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  21. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  22. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  23. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  24. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da […]

  25. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  26. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  27. […] Isshin-sensei é missionária internacional da Sōtō Zen e orientadora da sangha Águas da Compaixão. […]

  28. […] Por Monja Isshin […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: