Vídeo: 108 Monges se Juntam para Recitar o Sutra do Coração

julho 3, 2020 às 7:26 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Being Together - Sutra GatheringO Sutra do Coração  (Maka Hannya Haramitta Shingyô,  Sanskrit: प्रज्ञापारमिताहृदय, Prajñāpāramitāhṛdaya or Chinese: 心經 Xīnjīng) é um sutra de grande importância no budismo mahāyāna e é o principal sutra das escolas de Zen Budismo (Soto e Rinzai).

Breve, com somente uma página, transmite de uma forma clara a essência dos ensinamentos dos Sutras da Grande Perfeição da Sabedoria Completa (Prajñāpāramitā ou Perfection of Transcendent Wisdom), que, na versão Sino-Japonês fica em 600 volumes.

Notamos que aqui, a palavra “coração” significa “essência” – o “cerne” dos ensinamentos da Sutra da Grande Perfeição da Sabedoria Completa. Explica o fato de todas os fenómenos (inclusive a nossa própria existência) serem sunyata, vazios de uma essência imutável, isolada e permanente.

“Forma é vazio, Vazio é forma (sunyata)”

O Sutra do Coração é recitado em cerimônias diárias na China, Japão, Coreia e Vietnã, bem como nos templos e centros de prática nos países ocidentais.

O texto do Sutra encontra-se em Japonês (Romaji) e Português no blog da Sanga Águas da Compaixão

Não se tem certeza se o Sutra do Coração foi escrito primeiro em Chinês e posteriormente traduzido para o sânscrito, mas é fato que a versão chinesa é o mais conhecida.  Em cada país, a pronúncia das sílabas chinesas passam a ter o som da pronúncia local daquele país. Por este motivo, este mesmo sutra, recitado “em chinês” por um grupo de monges coreanos, por exemplo, terá um som bastante diferente do mesmo sutra recitado “em chinês” por um grupo de monges japoneses, ou até brasileiros – às vezes parecendo praticamente irreconhecível.

Alguns acadêmicos acreditam que o Sutra do Coração foi composto originalmente na China e posteriormente traduzido para o sânscrito. Essa não é uma opinião predominante, ainda que a versão chinesa seja de fato muito mais influente do que a versão em sânscrito.

Neste vídeo, criado com os votos dos sacerdotes Soto Zen para o bem estar de todos os seres especialmente durante a pandemia causada pelo Corona Vírus (Covid-19), junto com o desejo de levar Paz para todos os seguidores do Zen, monges e monjas da escola Soto Zen do mundo inteiro fizeram suas gravações individuais do Makahannya Haramitta Shingyo (Sutra do Coração da Grande Sabedoria Completa) que foram juntadas nestes vídeos pela sede do Soto Zen no Japão.

. A gravação publicada no canal Soto Zen (SOTOZENNET) do YouTube no dia 2 de julho:

Nota-se que o número 108 tem um valor simbólico no Budismo. O “rosário” (Juzu) do oficiante no Zen possui 108 contos e, de acordo com a Wikipédia:

“É dito no Laṅkāvatāra Sūtra que Bodhisattva Mahamati faz 108 perguntas a Buda, e nesse mesmo sutra, Buda afirma existir 108 estados de negação.”

Mais ainda, algumas escolas argumentam que existam 108 sentidos, baseados em múltiplos sentidos de tato, olfato, paladar, visão, audição e consciência.

Versões anteriores deste projeto, criadas como parte do mesmo trabalho:

. O Sutra recitado em inglês, publicado no dia 19 de junho:

. O Sutra recitado em Japonês, publicado no dia 13 de junho:

Nota – Eu demorei em descobrir como montar o celular para ouvir a recitação-base e gravar ao mesmo tempo, e acabei não enviando a minha gravação em tempo para ser incluída nestas primeiras duas transmissões do sutra.

. A primeira gravação, em Japonês, publicada no dia 1 de junho:

. E, por fim, a primeira gravação em Inglês, também publicada no dia 1 de junho:

Que os méritos de nossa prática se estendem a todos universalmente, para que junto com todos os seres realizemos o Caminho de Buda,

Gassho

Fontes:
. Wikipedia, em inglês}
. Wikipedia, em português
. Prajnaparamita, no Wikipedia em inglês

 

Vídeo: Encontro de Sutra “Estar Juntos”

junho 13, 2020 às 4:52 pm | Publicado em Blogroll, Cultura de Paz, Cultura Japonesa, Japão e Cultura Japonês, Meditação em Passo Fundo - RS, Prática Zen Budista, Vídeo | Deixe um comentário
Tags: , , , ,
Being Together - Sutra Gathering

Encontro de Sutra “Estar Juntos” – Parte 2. (みんなで唱えよう~般若心経 ~ Part 2 / Be Together Sutra Gathering – Heart Sutra – Part 2)

Monges e Monjas da Escola Soto Zen Japonês, do mundo inteiro, colaboram para a criação de vídeos da recitação do principal sutra da nossa escola, Maka Hannya Haramita Shingyô (Sutra do Coração da Grande Sabedoria). Até o momento, foram produzidos dois vídeos que foram postados no canal de Youtube Sotozennet.

Nota: O termo “coração” aqui significa “essência”.

Primeiro Vídeo:

Segundo Vídeo:

O segundo vídeo foi acompanhado pelo seguinte texto:

“Olá, Amigos no Darma,

Hoje em dia, estamos tendo um período difícil devido ao COVID-19.
Uma quantidade de restrições, como auto-limitação e trabalho em casa continuam.
Num momento tão difícil, vamos recitar um sutra juntos no lar.

Neste projeto, monges/monjas Soto Zen do mundo inteiro rezam para o bem estar e saúde de todos vocês e recitam o Sutra Hannya Shingyo remotamente para vocês. No futuro, adicionaremos vídeos do sutra recebidos de todos os lugares do mundo e os postaremos múltiplas vezes.

A próxima postagem está programada para o dia 20 de junho, horário do Japão “Qualquer Momento, Qualquer Lugar, Estamos Conectados” (Anytime, Anyplace, We are Connected).

Sutra do Coração da Grande Sabedoria Completa

O “Sutra do Coração da Grande Sabedoria Completa”, foi dito que um resumo dos 600-volumes do “Prajna Paramita Sutra” (O Sutra da Grande Sabedoria Completa) expõe a essência dos ensinamentos do Budismo Mahayana.

Expõe a ideia do “vazio”. Isto é o ensinamento que todos os fenomenos estão sem qualquer substância permanente. Ensina que através da profunda sabedoria podemos ficar libertados de todos as preocupações e sofrimentos ao abrirmos mão de nossos apegos.

É um sutra que é recitado em várias escolas do Budismo. No Soto Zen, recitamos este sutra todo dia de manhã nos templos e centros de prática do Zen.”

 

Reportagem: A Meditação e a Neurociência

março 3, 2020 às 4:15 pm | Publicado em Blogroll, Eventos, Meditação e Ciência, Meditação em Passo Fundo - RS, Prática Zen Budista, Psicananalise Humanista | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , ,

Enso_e_DivãDo jornal “O Tempo” de Belo Horizonte – Reportagem de Ana Elizabeth Diniz, publicado no dia 3 de março 2020:

Monjas, filósofo e médica oferecem seus olhares sobre a sabedoria do ‘sentar’

“O zen vai se sentar no divã, e a neurociência vai mostrar como o cérebro dos meditadores se comporta, durante o evento “O infinito é onde sou: O não nascido – diálogo entre meditação, psicanálise e neurociência”, que acontecerá em Belo Horizonte (ver agenda) e vai reunir cinco especialistas.

“A prática da meditação e a psicanálise têm a realidade como substância e se ocupam
da descompressão do excesso de sensorialidade da mente, dando lugar à sensibilidade
intuitiva, ao gesto espontâneo, à autenticidade”, comenta a psicanalista Bernadette Biaggi, que também é monja da tradição Sotoshu de Zen-Budismo e fundadora do Istituto Biaggi – Psicoterapia/ Psicoanalisi/Cultura e Arte BrasilItália.

Continuar lendo no arquivo PDF: Jornal O TEMPO-PAG-31_03-03-20-135154

O evento será realizado no dia 7 de março das 08:00 às 14:30h no Museu das Minas e do Metal na Praça da Liberdade, Belo Horizonte.

Inscrições: Sympla

 

 

Diálogo: Meditação, Psicanálise e Neurociência em Belo Horizonte

janeiro 17, 2020 às 7:41 pm | Publicado em Blogroll, Cultura de Paz, Eventos, Instituto de Psicanálise Humanista, Meditação e Ciência, Meditação em Passo Fundo - RS, Prática Zen Budista, Psicananalise Humanista, Uncategorized | Deixe um comentário

Dialogo 2020-01-17a-croppedTerei um imenso prazer de participar de um encontro muito especial em Belo Horizonte com o tema “O Infinito é onde sou: O Não -Nascido – Diálogo – Meditação, Psicanálise e Neurociência”. Uma boa parte do prazer será simplesmente com o re-encontro de duas grandes amigas minhas, a Elisa Kozasa e a Bernadette Biaggi (Monja Kenzen)!

O evento será realizado no dia 7 de março das 08:00 às 14:30h no Museu das Minas e do Metal na Praça da Liberdade, Belo Horizonte.

Inscrições: Sympla

A idealizadora e organizadora do evento, Monja Kenzen, escreve:

“A ideia de fazer um diálogo transdisciplinar vai de encontro a minha experiência de mais de 3 décadas em saúde mental e mais recentemente como Monja Zen Budista. A saúde resulta de quão bem somos capazes de tolerar o desconforto e frustração em favor de maior atenção à realidade, do permitir, conter, sonhar a irrupção da pulsão e da verdade em constante evolução.

A prática do Zen Budismo e da Psicanálise tem a realidade como substância, se ocupam da descompressão do excesso de sensorialidade da mente, dando lugar à sensibilidade intuitiva, ao gesto espontâneo, a autenticidade e originalidade. O Eu sensorial é pesado, irrequieto, angustiado e condicionado. A mobilidade psíquica amplia nosso vértice de percepção e leitura da realidade em que vivemos, onde há existência das coisas. No seu impermanente perpassar que vem e vai embora, abre as possibilidades de acesso ao “Não-Nascido” no fluir do universo em expansão.

Deixo para pensarmos neste encontro sobre, metaforicamente, “Que tipo de Cópula está mantendo consigo mesmo?”.

Você é a pessoa mais importante que provavelmente encontrará em sua vida! Deixemos nossos terminais abertos para captar os sinais da presença de “O” , da verdade de cada momento, da “coisa em si”, venham eles de onde vierem.

Não se pode conhecer o “O” da experiência, o inefável, só se pode vivê-lo.”

Serão apresentadas as seguintes palestras:

As Possibilidades do Nada para o Não-Nascido
Diogo César Porto da Silva (Mestre em Filosofia Oriental)
http://lufmg.academia.edu/diogoportosilva
Doutorando em Filosofia na UFMG e Mestre em Filosofia pela Universidade de Kyushu, no Japão. Foi pesquisador convidado na Kyoto University, no Japão, bolsista do MEXT (Ministério da Educação Japonês) e Professor de Língua Japonesa no ICO. Publicações acadêmicas em periódicos em português, inglês e Japonês.

A Capacidade Negativa e a Sensorialidade da Mente
Maria Bernadette Biaggi (Psicologa/Psicanalista e Monja (Ken Zen) da Tradição Sotoshu de Zen Budismo)

Home


@bernadettebiaggi
@monjakenzen
Presidente do Istituto Biaggi – Psicoterapia Psicanálise, Cultura e Arte Brasil Itália
Docente da SISPI – Scuola Internazionale di Specializzazione con la Procedura Immaginativa ligada ao Groupe International du Rêve-Éveillé en Psychanalyse GIREP de Paris e Sociedade Italiana de Neurociência, Docente Ciclo-CEAP – Centro de Estudos Avançados em Psicologia.

O Círculo do Zen no Divã
Kathy Havens – Monja Isshin (Psicanalista e Monja Missionária Internacional do Zen Budismo do Japão)
https://www.instagram.com/monjaisshin/
http://aguasdacompaixao.wordpress.com
@monjaisshin
Lidera a Comunidade Zendo Sul – Jisui Zêndo RS e grupos afiliados. Recebeu os títulos de Doutor Honoris Causa em Ciências da Religião: Budismo Japonês (Faculdade Einstein) e em Budismo Zen (Erich Fromm Word University da Flórida, USA). Livros e artigos publicados em português, espanhol e inglês.

Cérebro, Meditação e Equilíbrio Emocional
Elisa Harumi Kozasa (Neurocientista)
Graduação em Ciências biológicas, doutorado e pós-doutorado em Psicobiologia. Neurocientista com diversas publicações Internacionais,
Coordenadora da pós graduação Gestão Emocional nas Organizações Cultivation Emoticional Balance, Fellow do Mind and Life Institute e surfistas nas horas vagas.

Aplicando o Reducionismo para explicar a Neurociência por trás da Meditação
Frederico Garcia (Psiquiatra)
Professor do Departamento de Saúde Mental da UFMG. Lider do Núcleo de Pesquisa em Vulnerabilidade e Saúde. Doutor em Medicina Celular e Molecular pela Universidade de Rouen

Inscrições: Sympla

Clicar na imagem para ver em tamanho maior

Vídeo: Aleluia Gaúcha

setembro 25, 2019 às 11:16 am | Publicado em Blogroll, Dra. Carla Froner, Instituto de Psicanálise Humanista, Música, Meditação em Passo Fundo - RS, Professor de Darma Zen Budista, Psicananalise Humanista, Uncategorized, Vídeo | Deixe um comentário

Uma das canções mais belas do monge Zen Budista e musico Leonard Cohen é a Hallelujah. É uma grande favorita minha. A música é lindíssima. Todavia, a letra é bastante triste.

De fato, já escrevi sobre esta música aqui no blog e sobre o Cohen e seu relacionamento com o seu mestre do Zen Budismo. (Sim, o Cohen é um dos meus artistas favoritas…)

Recentemente, porém, descobri uma “versão Gaúcha” desta música. Ficou incrível – e com uma mensagem positiva. Finalmente temos uma versão no qual a beleza da letra combina com a beleza da música!

Confesso que chorei de emoção, pois esta rendição desta música tocou o meu coração profundamente. Que música linda! Chorei, quase em prantos, um choro que era uma mistura de felicidade e de alívio das dores dos sentimentos de não-pertencer, de ser um “estranho no ninho” que vivi tantas vezes no passado. E chorei simplesmente emocionada pela beleza da música/letra em si.

Chorei da felicidade que sinto com a minha mudança para a cidade de Passo Fundo, onde me sinto cercada de alunos e pacientes muito, muito queridos numa cidade bonita e bastante agradável com um povo bem simpático.

Aqui, por mais uma das pouquíssimas vezes da minha vida, me sinto realizada – agora, tanto como monja-professora do Darma-missionaria quanto como psicanalista humanista. De todas as minhas andanças pelo mundo, só existem três lugares que me causam esta emoção: a Áustria, o Japão e, agora, a cidade de Passo Fundo.

Muito obrigada às pessoas que me trouxeram para esta cidade – especialmente o monge-em-treinamento Daniel Confortin (Daihou-san). Também, muito obrigada a todas as pessoas, terapeutas e professores que me acompanharam nesta jornada de vida e muito obrigada ao Universo e o Sagrado.

No Zen, encerramos da forma que agora uso para me despedir de vocês, meus leitores:
Muito obrigada,
Cuidem-se bem!
Kyuu Hai (nove reverências)

Monk-gassho2-animation

Aleluia Gaúcha:

Original de Leonard Cohen:

Ler mais:

. Você conhece o significado da música “Hallelujah”? Venha descobrir
. Bono calls Leonard Cohen’s ‘Hallelujah’ the ‘most perfect song in the world’
. The Broken Hallelujah of Leonard Cohen

Banca Pública – Psicanálise Humanista

março 16, 2019 às 8:45 pm | Publicado em Dra. Carla Froner, Eventos, Instituto de Psicanálise Humanista, Psicananalise Humanista | Deixe um comentário

Defesa-2019-03-15aNo dia 15 de março, tive a oportunidade de apresentar, em Banca Pública,  o meu trabalho de conclusão da minha formação como psicanalista humanista no Instituto de Psicanálise Humanista de Santa Maria.

O tema do meu trabalho foi: Atenção Plena e Psicanálise Humanista: Iluminar a Mente.

Contei com a presença da minha orientadora, Dra. Carla Cristine Froner, e os membros da Comissão Examinadora composta do diretor do Instituto, Dr. Salézio Plácido Pereira e a minha analista, Dra. Maria Izabel Burin Cocco .

Agradeço profundamente todo o apoio que recebi dos professores do Instituto e dos meus colegas da Turma 15.

Próximo passo: doutorado…

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Banca Pública

março 14, 2019 às 11:27 am | Publicado em Blogroll, Dra. Carla Froner, Eventos, Instituto de Psicanálise Humanista, Meditação e Ciência, Meditação em Passo Fundo - RS, Prática Zen Budista, Psicananalise Humanista | Deixe um comentário

Banca-ITTPH-2019No dia 15 de março estarei apresentando, em Banca Pública, o meu trabalho de conclusão da minha formação como psicanalista humanista no Instituto de Psicanálise Humanista de Santa Maria. Os membros da banca serão a minha orientadora, Dra. Carla Cristine Froner e a Comissão Examinadora será composta do diretor do Instituto, Dr. Salézio Plácido Pereira e a minha analista, Dra. Maria Izabel Burin Cocco.

Deixo registrado aqui o meu profundo agradecimento pelo apoio que recebi dos professores do Instituto e dos meus colegas da Turma 15. Me deram uma  oportunidade de percorrer uma caminhada maravilhosa, cheia de aprendizados e transformações.

. Continue Reading Banca Pública…

Interpretação de Desenhos

março 14, 2019 às 11:25 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

@WhatsApp Image 2019-02-23 at 22.02.40(2)No dias 22 e 23 de fevereiro, pude participar do 2o Módulo do Curso de Interpretação de Desenhos no Instituto de Psicanálise Humanista em Santa Maria, orientado pela  Dra. Carla Cristine Froner . Foram dois dias de estudo de casos e de alegria por estar aprofundando conhecimentos como psicanalista humanista junto com colegas maravilhosos. Muito obrigada a todos!

Nota: O Módulo 1 do curso será oferecido novamente nos dias 18 e 19 de maio, 2019 e está aberto aos interessados em geral.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Retiro em Santa Catarina

fevereiro 9, 2019 às 9:41 am | Publicado em Blogroll, Eventos, Prática Zen Budista, Retiro | Deixe um comentário

2019-02-03_164312-ResizedTivemos a benção de passar três dias (1, 2 e 3 de fevereiro) em retiro num canto paradisíaco da natureza no município Bocaina do Sul, SC, junto com a Sanga Zen Despertar de Lages, coordenada pela Cristina Cesa, praticante da Órdem Interser do Mestre do Zen Vietnamita, Thich Nhat Hanh de quem recebeu o nome de darma de Chân Vô Üy Lůc (Verdadeira Força do Destemor).

O calor do verão nos ofereceu uma trégua, com o tempo se preparando para a chuva do último dia. Eu adorava, especialmente, ficar olhando para a queda das águas, que ficou bem “zen” com a neblina.

Sendo uma sanga que já existe alguns anos e que já recebeu vários mestres, o grupo mostrou o seu desenvolvimento através do nível de interesse e maturidade das perguntas nos períodos de bate-papo e na tranquilidade de relativo silêncio nas refeições e intervalos.  Foi um prazer enorme passar estes dias junto com eles!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Gassho

Suástica Budista – Diferente da Suástica Nazista

outubro 11, 2018 às 3:48 pm | Publicado em Blogroll, Compaixão Zen Budista, Meditação em Passo Fundo - RS, Prática Zen Budista | 1 Comentário

Buddha with SwasticaCom todo respeito, o senhor Delegado Paulo Cesar Jardim se confundiu e, na minha opinião, se expressou de uma forma irresponsável de um assunto que não conhece direito e não tem autoridade para falar. Para evitar julgamentos, reconheço que talvez nem chegou a ler além da primeira frase do artigo na Wikipédia, o que talvez explica sua confusão.

A suástica budista é bem diferente daquela no estilo nazista que foi marcada na mulher que foi agredida de forma tão cruel.

A suástica encontrada em imagens e templos budistas tem suas hastes viradas em sentido anti-horário e com ângulos retos (卍), e não virada à direita e posicionada num ângulo rotacionado. Além de ser encontrado em numerosas culturas, desde a pré-história, a suástica chegou ao budismo através de suas raízes no hinduísmo.

De acordo com o site Suki Desu, o termo “suástica” é derivado da palavra sânscrito “Savstika“, que basicamente significa “bem-estar” e, no Japão, significa “misericórdia infinita”.

Mais ainda, como o Budismo ensina a não violência e a não discriminação, este tipo de agressão é totalmente inadmissível.

suasticabuda

5bbeb2f73786f

. Qual a diferença entre a suástica budista e a nazista?
. Suástica nazista e suástica budista – Diferenças
. Curiosidades sobre o Manji, a suástica budista
. Nota sobre a Associação entre Violência e Símbolos Budistas
Swastika (Wikipedia, em inglês)

 

 

 

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: