Vídeo: Palestra no projeto Estação Psi

outubro 27, 2017 às 5:07 pm | Publicado em Blogroll, Compaixão Zen Budista, Eventos, Meditação em Porto Alegre, Prática Zen Budista, Professor de Darma Zen Budista, Uncategorized, Vídeo, Zen Budismo em Porto Alegre | Deixe um comentário
Tags: , ,

2017-10 Palestra Estação Psi 08No dia 2 de outubro, foi realizada uma palestra da Monja Isshin como parte do projeto Estação Psi da Comitê de Psicologia Transpessoal da Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul (SPRGS) em parceria com a livraria FNAC do Barra Shopping Sul, com o tema “Compaixão e a Vida Diária”.

Assista ao Darma Chat da Sanga Águas da Compaixão (domingos às 16:30 h):

Anúncios

Vídeo: Casamento Zen Budista: Monja Isshin & Jon

outubro 4, 2017 às 11:01 am | Publicado em Casamento Zen Budista, Eventos, Meditação em Porto Alegre, Prática Zen Budista, Vídeo, Zen Budismo em Porto Alegre | Deixe um comentário

IMG_7270

No dia 23 de julho de 2017, foi realizada a Cerimônia Religiosa de Casamento Budista da Monja Isshin (Kathy Havens) e Jon Facemire no Jisui Zendô – Sanga Águas da Compaixão e oficiado pelo Missionário Internacional Ryoju Tahara, Sensei no dia 23 de julho de 2017.

A cerimônia foi realizada em japonês, com tradução para o português da Tomoko Kimura Gaudioso, Sensei e parar o inglês da Missionária Internacional Jishun Morioka, Sensei, do Templo Busshinji de Rolândia.

Contou com a presença do Rabino Guershon Kwasniewski, da SIBRA – Sociedade Israelita Brasileira de Cultura e Beneficiência, que ofereceu uma bênção em nome do Grupo de Diálogo Inter-religioso de Porto Alegre, do qual a Monja Isshin faz parte.

Profundos agradecimentos aos membros-praticantes da Sanga Jisui Zendo (Águas da Compaixão) que ajudaram com a organização do evento bem como todos os praticantes do Budismo e outros amigos que nos prestigiaram com a sua presença na cerimônia!

Muitas pessoas perguntam: mas monge pode casar??? Bem, no período Edo no Japão, numa tentativa de enfraquecer o Budismo e favorecer o Xintoismo como religião do estado, o governo Meiji passou um decreto em 1872 “permitindo” os monges budistas de todas as escolas (Zen, Terra Pura, Shingon, etc) a se casarem. Quando estive no Japão, ouvi dizer que, hoje em dia, as pessoas chegam a achar um pouco estranho o monge que não se casa… (Lembramos que, em muitas países asiáticos , os governos controlam (ou controlavam, no passado) vários aspectos da vida dos religiosos e das igrejas.)

No fim das contas, acredito que isto acabou facilitado a transmissão do Budismo Japonês para o Ocidente, uma vez que muitas das pessoas que se tornam budistas e sentem a vocação de buscar ordenação monástica já são casadas.

Depois de uma viagem de lua de mel, foi realizada a cerimônia de casamento civil, no dia 15 de setembro, em Hunstville, Alabama, cidade perto da moradia do Jon. Estiverem presentes dois colegas de turma de colégio (ensino médio) – amizades que já durarem mais de 50 anos, além de outros amigos do casal. Fomos agraciados com um lindíssimo arco-iris duplo bastante brilhante que durou toda a viagem de 40 minutos de volta de Huntsville para casa… Senti-me abençoada…

Não pretendo abandonar as minhas atividades como Professora de Darma e Missionária Internacional aqui no Brasil. Consequentemente, por enquanto, vamos levando um relacionamento à distância (graças ao Skype) com viagens periódicos para podermos passar tempo juntos e, vamos vendo o que o futuro vai nos trazer…

Gassho

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ordenação Monástica: Yakuhô Felisberto

outubro 3, 2017 às 11:09 am | Publicado em Blogroll, Eventos, Meditação em Porto Alegre, Prática Zen Budista, Professor de Darma Zen Budista, Zen Budismo em Porto Alegre | Deixe um comentário
Tags:

@WhatsApp Image 2017-05-07 at 15.41.33No dia 7 de maio de 2017, a jovem Thalita Felisberto recebeu a ordenação monástica (Shukke Tokudo) no Jisui Zendô, iniciando, assim, a sua caminhada como monja em treinamento (Unsui) na graduação de noviça (Jôza). Thalita recebeu o Nome de Darma (Hômyô) de Yakuhô, que significa “Tradutora do Darma”.

É uma cerimônia forte, que pode causar fortes emoções no aluno (e talvez até no professor também), e que, não infrequentemente, provoca reações físicas no aluno, como tontura ou baixadas na pressão arterial.  Cria uma relação cármica especial entre o professor (師匠, shisho) e o aluno (弟子, deshi). É o Professor de Ordenação (受業師, Jugoushi) que abre as portas para a caminhada do novo monástico e o orienta nas diferentes etapas de seu treinamento.

Futuramente, o aluno terá ainda os Professores de Combate de Darma, ou Hossenshiki ( 法幢師, Houdoushi), e de Transmissão de Darma, ou Professor-Raiz ( 本師, Honshi), que podem ser os mesmos que o Professor de Ordenação ou outros. Mesmo sendo outros, é sempre o Professor de Ordenação que supervisiona e assina os documentos que autorizam os próximos passos. Desta forma, o ideal é que o relacionamento entre eles seja sempre baseado em responsabilidade, por parte do Professor de Ordenação, e em gratidão e respeito, por parte do aluno.

O treinamento monástico do Zen é longo e rigoroso, pois a prática do Zen Budismo – tanto para leigos quanto para monásticos – busca levar o praticante a uma profunda autotransformação e libertação do ciclo de samsara. Um aspecto importante desta libertação é a desconstrução dos condicionamentos e dualidades que aprendemos nas nossas vidas – outras “cabeças” que colocamos por cima de nossas próprias cabeças, como descrito no Zen. A prática procura desenvolver no praticante a uma “apreciação plena, realização completa de ser si mesmo”, nas palavras do Mestre Zen Taizan Maezumi, fundador do Centro Zen de Los Angeles. Ele continua: “Se você colocar outra cabeça por cima de sua própria, você se tornará uma monstruosidade, mesmo que seja uma cabeça de Buda!”.

No Japão, o treinamento do monástico é um processo que dura de cinco a dez anos, mas no Ocidente pode levar até 30 anos. Muitos noviços ocidentais, por vários motivos, não chegam à Transmissão de Darma ou a receber a autorização oficial de Sensei (Professor de Darma).

Então, vamos oferecer o nosso apoio e torcer para que a Yakuhô-san possa se manter firme na prática do Zen, no seu treinamento monástico e no Caminho de Buda. Que ela possa se libertar das “outras cabeças” que criaram seus condicionamentos no passado e passe a manifestar livremente a sua verdadeira essência, sua Natureza Buda – sua verdadeira “cabeça”, para o benefício de todos os seres!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ler mais:
– A Ordem Monástica da Escola Soto Shu
Formação de um monge Soto Zen
Qual o significado de Kokusai Fukyôshi (Missionário Internacional)?
Qual o significado de Kyôshi (Sensei, Professor de Darma)?
Qual o significado de Zuise (Debut)?
Qual o significado de Denpô (Transmissão de Darma)?
Qual o significado de Hôkei (Linhagem no Darma)?
Qual o Significado de Hossenshiki (Combate de Darma)?
Qual o Significado de Shuso (Líder dos Noviços)?
Qual o Significado de Unsui (2)?
Qual o Significado de Unsui (1)?
Qual o Significado de Shukke Tokudo?
Ordenação Monástica
– Ordenação Unsui em Florianópolis
Qual o Significado de Hômyô (Nome de Darma)?
Qual o Significado de Jukai (Transmissão dos Preceitos)?
– Os Preceitos do Bodisatva

 

Palestra no Projeto Estação Psi na Livraria FNAC

setembro 29, 2017 às 4:24 pm | Publicado em Blogroll, Compaixão Zen Budista, Cultura de Paz, Eventos, Professor de Darma Zen Budista, Uncategorized, Zen Budismo em Porto Alegre | Deixe um comentário
2017-10 Palestra Estação Psi - Fnac OUTUBRO-17

Clicar na imagem para ver ampliada

No dia 2 de outubro às 19:30 h, estarei oferecendo uma palestra como parte do projeto Estação Psi da Comitê de Psicologia Transpessoal da Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul (SPRGS) em parceria com a livraria FNAC do Barra Shopping Sul, com o tema “Compaixão e a Vida Diária”.

Nota: Estudantes – Vale como carga horária complementar

Sejam todos bem vindos!

Gassho

 

 

Vídeo: Dia Mundial do Riso e o Zen

maio 1, 2016 às 9:10 am | Publicado em Eventos, Meditação em Porto Alegre, Uncategorized | Deixe um comentário

Numa busca pela Internet, encontrei três datas diferentes para “Dia do Riso” – 18 de janeiro, 06 de novembro e 01 de maio… Para o dia 01 de maio, encontrei até uma página no Facebook divulgando uma atividade a ser realizada no Jardim Botânico de Porto Alegre.

Rir, rir da vida, rir de si mesmo, rir da “comédia do absurdo” é, como afirma o ditado, “o melhor remédio”.

Catarse para as dores emocionais e o estresse – e grande libertadora de endorfina (o “hormônio do prazer”), a risada faz um bem inimaginável, tanto para a nossa saúde quanto para o nosso bem-estar psicológico.

Aproxima as pessoas num grupo, podendo transpor barreiras de língua, cultura, raça, etnia. Ela nos une na nossa humanidade compartilhada.

Muitas pessoas imaginam o Zen Budismo como uma prática dura e austera. Até são encontradas imagens na internet mostrando monges com os rostos demonstrando tamanho esforço que chega até a doer… Também, lemos contos Zen Rinzai que falam de gritos e socos entre os monges. Ufa! Que dureza! Mas será que é assim mesmo?

Bem, ouvi dizer que no Soto Zen haveria duas correntes – uma, que prega a prática dura e austera e outra, que prega a gentileza e a leveza. Meu treinamento no Japão foi neste segundo estilo – o da gentileza e leveza.

Aquela vida monástico foi bem rigorosa, sim. Mas rigorosa não precisa significar que tenha sido “dura”. Uma das minhas memórias principais do tempo de mosteiro é o quanto rimos. Embora seja verdade que também chorei várias vezes lá no mosteiro, é a lembrança das risadas que perdura na minha memória até hoje.

Uma das imagens que mais fica diante dos meus olhos é a visão da abadessa, Aoyama Roshi, dando gargalhadas durante o nosso chá da tarde. Se ela era de uma presença e dignidade total durante as cerimônias, nas horas de descontração eu também sempre a via numa presença total, na alegria do momento.

Aproveito de um destes dias “do Riso” para compartilhar uma Cerimônia Zen Clown realizada como parte do encerramento do Sesshin do 3º Encontro Zen Latino-americano em Bogotá, Colômbia de 07 a 10 de abril.

E convido você, meu caro leitor, a fazer de TODOS os dias o seu “Dia do Riso”.

Gassho

 

 

 

3er Encuentro Zen Latinoamericano (2b): Sesshin

abril 27, 2016 às 1:18 pm | Publicado em Blogroll, Eventos, Meditação em Porto Alegre, Prática Zen Budista, Professor de Darma Zen Budista, Uncategorized, Zen Budismo em Porto Alegre | Deixe um comentário

12990971_1720132328256516_3198276425798713993_nO 3º Encontro Zen Latino Americano foi realizado nos dias 6 a 13 de março em Bogotá, Colômbia. Organizado pelo missionário internacional Rev. Denshô Quintero, Sensei e a Sanga da Comunidad Soto Zen de Colombia (Daishin-ji) da mesma cidade, ofereceu ao público uma programação rica de palestras e mesas-redondas nos dias 7 a 9, seguido por um retiro de prática intensiva (sesshin) nos dias 10 a 13.

Seguem abaixo algumas fotos tiradas durante o segundo dia do sesshin.

1. Segunda Aula do Mestre Daiken Yoshitani Roshi, que ofereceu ensinamentos preciosos sobre Kechimyaku (Documento de Linhagem) e Kesa (Manto do Monge):

Este slideshow necessita de JavaScript.

2. Zazen, Confraternização durante os intervalos, foto do grupo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

3er Encuentro Zen Latinoamericano (2a): Sesshin

abril 25, 2016 às 3:49 pm | Publicado em Blogroll, Eventos, Meditação em Porto Alegre, Prática Zen Budista, Professor de Darma Zen Budista, Uncategorized, Zen Budismo em Porto Alegre | Deixe um comentário

12974477_1715139658755783_2344420505201874846_nO 3º Encontro Zen Latino Americano foi realizado nos dias 6 a 13 de março em Bogotá, Colômbia. Organizado pelo missionário internacional Rev. Denshô Quintero, Sensei e a Sanga da Comunidad Soto Zen de Colombia (Daishin-ji) da mesma cidade, ofereceu ao público uma programação rica de palestras e mesas-redondas nos dias 7 a 9, seguido por um retiro de prática intensiva (sesshin) nos dias 10 a 13.

Seguem abaixo algumas fotos tiradas durante o primeiro dia do sesshin.

  1. Aula do Mestre Daiken Yoshitani Roshi, que ofereceu ensinamentos preciosos sobre Kechimyaku (Documento de Linhagem) e Kesa (Manto do Monge):

Este slideshow necessita de JavaScript.

2. A Palestra da Monja Isshin, com tradução do Ven. Denshô Quintero, sobre “A Alegria do Zen”:

Este slideshow necessita de JavaScript.

.

3er Encuentro Zen Latinoamericano (1): Conferência

abril 23, 2016 às 4:35 pm | Publicado em Blogroll, Eventos, Japão e Cultura Japonês, Música japonesa, Meditação em Porto Alegre, Prática Zen Budista, Professor de Darma Zen Budista, Zen Budismo em Porto Alegre | Deixe um comentário

P1050847 O 3º Encontro Zen Latino Americano foi realizado nos dias 6 a 13 de março em Bogotá, Colômbia. Organizado pelo missionário internacional Rev. Denshô Quintero, Sensei e a Sanga da Comunidad Soto Zen de Colombia (Daishin-ji) da mesma cidade, ofereceu ao público uma programação rica de palestras e mesas-redondas nos dias 7 a 9, seguido por um retiro de prática intensiva (sesshin) nos dias 10 a 13.

Seguem abaixo algumas fotos tiradas nos dias 7 e 8.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

 

 

3º Encontro Latino-Americano Zen. Bogotá, 2016

abril 29, 2015 às 12:50 pm | Publicado em Eventos, Meditação em Porto Alegre, Prática Zen Budista, Zen Budismo em Porto Alegre | Deixe um comentário

Este slideshow necessita de JavaScript.

Queridos Mestres, amigos e praticantes Zen,

Espero que todos vocês estejam com boa saúde e bem-estar junto aos seus entes queridos.

Embora o Zen tenha    vindo para a América do Sul antes que a muitos outros países do Ocidente, o seu desenvolvimento aqui como prática se iniciou mais tarde que na Europa e Estados Unidos, e até hoje, não chegou a ter o mesmo impacto, nem a mesma força que possui nestes países. A maioria dos grupos da América do Sul, até recentemente, trabalhavam sozinhos. De nossa parte, estivemos isolados na Colômbia até alguns anos atrás, porque não tínhamos um mestre Zen certificado. Em 2013, durante as comemorações do 110º aniversário da chegada do Zen para a América do Sul em Lima, liderado pelo venerável Senpo Oshiro da Argentina, se discutiu a necessidade de reforçar os laços de diferentes sanghas e colocar em funcionamento uma rede de conexão, para o benefício de todos, com a participação ativa de todos os praticantes desta região do mundo.

Com sucesso, em 2014 se realizou a primeira reunião na Argentina e este ano, no Uruguai. Durante os eventos culturais em Montevideo, tivemos a presença de mais de uma dúzia de mestres da escola Soto ao início do encontro. Já quebramos os muros que nos mantiveram isolados e começamos a ver os frutos de uma grande Sangha Latino-americana.

Na reunião dos mestres missionários, foi decidido por unanimidade, que no próximo ano, o 3º Encontro Latino-Americano Zen acontecerá em Bogotá, na Colômbia.

Desde que iniciamos nosso templo Zen Mente Magnânima – Daishinji – queríamos estabelecê-lo como um farol de luz para mudar a forma como nos relacionamos com os outros seres e a vida em geral. Dado o contexto histórico do processo de paz que vivemos em nosso país, de verdade esta é uma circunstância muito auspiciosa, tendo em conta os benefícios que a nossa prática pode aportar na construção de uma sociedade mais harmoniosa, tolerante, respeitosa, amável e pacífica. Assim, o tema central será como alcançar a paz e preservá-la, desde uma perspectiva Zen. É um privilégio termos sido escolhidos como sede do próximo encontro e uma oportunidade única para levar a nosso país um grande número de mestres e praticantes comprometidos. Podemos cumprir nosso propósito de fornecer ferramentas para a consolidação da paz na era pós-conflito. Agora teremos a possibilidade de nos projetarmos de verdade e ter um poderoso impacto na vida e na sociedade do nosso país.

Durante o encontro na Colômbia, vamos criar espaços onde o grande público poderá conhecer esta prática como um caminho para transformar as tendências habituais de um ego guiado pela competição, arrogância, ganância, ressentimento e ódio, e permitir aos indivíduos a atuarem com amabilidade, compaixão e responsabilidade, para participar de maneira ativa na construção de uma paz sustentável.

Vamos criar um fórum onde os mestres Zen convidados poderão expor sobre sua própria prática e experiência de como o Zen poderá ajudar concretamente às necessidades de uma nova sociedade. Convidaremos para esta reflexão os acadêmicos e artistas vinculados de algum modo com o Zen e que se abram as portas das universidades para levar esta reflexão a diversos âmbitos de nossa sociedade. Necessitamos envolver as empresas privadas, as instituições e os meios de comunicação para apoiar o encontro. Unindo os esforços de muitas frentes, poderemos fazer com que este evento, sem precedentes em nosso país, floresça e traga alívio ao sofrimento de nosso povo.

O terceiro encontro será realizada em Bogotá, entre a segunda-feira 7 e o domingo 13 de março de 2016. Teremos palestras públicas, exposições e um retiro de três dias, de quinta-feira 10 ao domingo 13 de março de 2016. Durante o retiro, esperamos poder contar com a presença de alguns maestros que virão para atividades culturais e receber seus ensinamentos.

Quero convidar a todas as pessoas que de alguma maneira se sintam identificadas com o Zen, ainda que suas condições de vida não lhes permitam dedicar a uma prática assídua, a que se unam na organização e desenvolvimento das atividades deste evento. Devemos estabelecer grupos de trabalho com pessoas e profissionais com experiência em diversas áreas, dispostos a doar seu tempo e esforço para não deixar passar esta oportunidade única no fluxo incessante da vida e evitar que se desvaneça sem deixar vestígios.

Seria útil se você pode compartilhar essas informações com seus amigos, e todas as pessoas que você acha que podem estar interessadas.

Não há melhor momento para despertar que agora, nem melhor lugar que aqui.

Com profundo respeito e gratidão, para o bem de todos os seres.

Em gasshō,
Ven. Denshō Quintero
Abade da Comunidade Sōtō Zen da Colômbia
Bogotá, Colômbia, 28 de abril de 2015.

Ver também:
site Zen America del Sur
página no Facebook
zenamericadelsur@gmail.com

 

Oficina de Meditação na 1a Feira da Saúde

setembro 28, 2014 às 1:51 pm | Publicado em Eventos, Meditação em Porto Alegre, Prática Zen Budista | Deixe um comentário
Tags:
Oficina de Introdução à Meditação

Oficina de Introdução à Meditação

Foi um grande prazer poder dirigir uma Oficina de Introdução à Meditação na 1ª Feira da Saúde do Câmpus Restinga do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. O evento foi realizado no dia 27 e ofereceu à comunidade, gratuitamente, uma variedade de serviços, oficinas e atividades, incluindo avaliação física, teste de glicose, consultas oftalmológicas, avaliação da pressão arterial, teste de daltonismo, reiki, danças e lutas, meditação e massagem.

Parabéns ao Instituto pela iniciativa!

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: